Auxílio Emergencial: Quando será liberado o pagamento da segunda parcela?

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse que espera anunciar até amanhã o cronograma de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600. Disse também que está em discussão uma parceria com os Correios para expansão dos canais de atendimento.

“Estamos próximos de anunciar esse acordo operacional com os Correios. Será gratuito para as pessoas”, afirmou em participação na comissão mista destinada a acompanhar as medidas de enfrentamento à covid-19.

Segundo ele, também estão sendo desenvolvidos outros canais para “tratamento de casos específicos”.

O ministro afirmou que desde sexta-feira estão sendo distribuídos R$ 2,5 bilhões aos municípios, que podem escolher entre aplicar os recursos na aquisição de equipamentos de proteção individual para profissionais da assistência social, no reforço da alimentação de idosos ou no acolhimento de moradores de rua.

Disse também que ainda hoje devem ser liberados outros R$ 580 milhões para assistência social de municípios.

No início desta semana, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, havia dito que a divulgação do calendário dependia de definição de Onyx Lorenzoni, e do presidente Jair Bolsonaro.

Ainda de acordo com o presidente do banco, os inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e os trabalhadores informais que se cadastraram no site e no aplicativo “Caixa Auxílio Emergencial” irão receber em dias diferentes dos cadastrados no Bolsa Família. A ideia é evitar aglomerações nas agências bancárias.

Os beneficiários do Bolsa Família recebem o benefício nos últimos 10 dias úteis do mês, conforme o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS).

(Conteúdo publicado originalmente no Valor PRO, serviço de notícias em tempo real do Valor)

Start typing and press Enter to search

1
Bem-vindo a DB Contabilidade, você precisa de ajuda? Estamos online e prontos para te ajudar.