Atualização e qualificação precisam ser prioridades para os contadores

Em 2017, os contadores saíram das 10 primeiras posições da listagem, porém continuam com demanda em alta. O diretor da Wyser Fábio Nogueira afirma que os contadores continuam entre as 15 categorias mais demandadas e que a queda não é preocupante.

Atualização constante é importante em todas as práticas profissionais. No caso dos contadores, é fundamental, dada a quantidade de novidades que surgem a todo momento, seja no âmbito das legislações tributárias, das normas, tecnologias ou obrigações. O mercado de trabalho exige atualização constante, profissionais seguros de suas atitudes perante os desafios impostos e em conformidade com as exigências.

O ano começou com recorde no número de desempregados no País. Cerca de 11,5% da população trabalhadora está fora do mercado de trabalho, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Apesar do cenário marcado por incertezas no ambiente econômico e político, 2017 será promissor para profissionais com conhecimentos de diferentes áreas do processo de produção ou serviços, capazes inovar e gerar negócios, na avaliação da Wyser, empresa de recrutamento e seleção para média e alta gerência, da multinacional de recursos humanos Gi Group.

Apesar da recessão econômica e da crise política, a profissão contábil é uma das que continuam em alta. No ano passado, a categoria ocupava a liderança do ranking entre os segmentos de mercado que ofereciam maiores oportunidades no Brasil, conforme levantamento da Wyser.

Em 2017, os contadores saíram das 10 primeiras posições da listagem, porém continuam com demanda em alta. O diretor da Wyser Fábio Nogueira afirma que os contadores continuam entre as 15 categorias mais demandadas e que a queda não é preocupante.

“O que ocorreu, na realidade, foi o aumento da demanda em outras áreas que, em 2016, quando as crises econômica e política eram mais claras, estavam estagnadas. Quando houve melhora no cenário macroeconômico, outras profissões se sobressaíram”, explica Nogueira. As três profissões mais promissoras em 2017 são gestor de logística, especialista em mídias sociais e pesquisador.

Manter-se em constante atualização é essencial. A demanda é praticamente a mesma do ano passado. “As médias e grandes empresas continuam buscando profissionais mais especializados, com sólida formação acadêmica e domínio do inglês e outros idiomas, além da habilidade para detectar oportunidades de crescimento tanto internamente como no exterior”, sugere Nogueira.

A contabilidade, diz o especialista, é uma das poucas áreas que conseguem manter-se em atividade tanto em momentos de recessão quanto de crescimento. Quando uma empresa enfrenta dificuldades, o contador é o profissional capaz de fazer a análise dos gastos, realizar o planejamento tributário, pensar em reduzir custos e, até mesmo, em casos extremos, apontar a melhor maneira de entrar com pedido de recuperação judicial ou declarar falência. “Nos momentos de abertura, o profissional contábil é um dos primeiros contratados e, quando há a possibilidade de expansão da empresa, também continua sendo decisivo”, salienta o diretor da agência de recrutamento.

Um marco importante para a maior valorização no País, diz o diretor de Desenvolvimento Profissional do Ibracon Nacional, Tadeu Cendón, foi a adoção, a partir de 2007, das Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS – International Financial Reporting Standards). “Uma vez que decidimos adotar, somos diretamente afetados às atualizações cada vez mais constantes nas transações internacionais, nas emissões de notas, no código de ética, na prática em geral.”

 

Autor: Roberta Mello

Fonte: Jornal do Comércio – Link: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/07/cadernos/jc_contabilidade/572153-atualizacao-e-qualificacao-precisam-ser-prioridades-para-os-contadores.html

Start typing and press Enter to search

1
Bem-vindo a DB Contabilidade, você precisa de ajuda? Estamos online e prontos para te ajudar.